Número total de visualizações de página

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

O QUE HÁ PARA VER NA MADEIRA

Trata-se de uma pequena brochura com fotos da madeira dos finais dos anos 50, com capa e  contra-capa com desenhos de Max Römer. Para além das informações sobre hoteis, pequenas e grandes excursões, consta ainda no seu interior de uma planta da época da cidade do Funchal.
Col. CAM

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

ESTUDOS FEITOS NA ROMÉNIA



Esboços feitos no tempo da Primeira Guerra na Roménia, feitos por Max Römer. Trabalhos acompanhados por textos, anotações e pormenores de paisagens e de cenas da vida local.

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

ENTRADAS GRATUITAS NO PRÓXIMO SÁBADO


Entradas gratuitas para Max Römer no Centro das Artes no próximo sábado
Qua, 27/11/2013 


No próximo sábado, despedem-se as exposições de Max Römer e A2V, patentes ao público desde o último dia 15 de Março, incluídas no projecto “Centro das Artes Global”. Para assinalar o encerramento destas duas mostras no Centro das Artes Casa das Mudas, a Sociedade de Desenvolvimento Ponta do Oeste informou que as entradas são gratuitas durante o próximo sábado. «Para que o público madeirense tenha uma última oportunidade para visitar as duas exposições, a entrada será gratuita durante todo o dia», lê-se na nota de imprensa.
Para além disso, está agendado um espectáculo musical, para as 18 horas, com a actuação de um trio da Associação Amigos do Conservatório de Música da Madeira, composto por Carla Susana de Sousa Abreu (flauta de bisel), Mikolaj Lewkowicz (violoncelo) e Giancarlo Mongelli (cravo).
Será um concerto comentado de música barroca com o título “Arcangelo Corelli e o seu Mundo: uma homenagem”.
Depois, e já com a colaboração do Instituto do Vinho e do Bordado da Região Autónoma da Madeira, e como forma de salientar «a íntima relação entre a obra de Max Römer e o Vinho Madeira, produto emblemático da ilha que constituiu motivo de inspiração ao pintor para numerosos quadros, painéis e trabalhos de obra gráfica (cartazes publicitários, rótulos, postais), o IVBAM apresenta no espaço da exposição uma prova comentada de Vinho Madeira Terrantez 20 anos», informa a Sociedade de Desenvolvimento Ponta Oeste, através do seu presidente, Paulo Atouguia, que assina a nota de imprensa.

Fonte: Jornal da Madeira

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

MAX RÖMER - CATÁLOGO

Acabado de receber pela gentil oferta do amigo Edward Kassab, eis que finalmente chega o atribulado catálogo da exposição sobre vida e obra de Max Römer. O referido trabalho bilingue (Português/Inglês), peca por não ter também uma separata ou edição em língua alemã, terra do artista e que muito contribuiria para uma maior divulgação, interesse de turistas e apaixonados pelo seu vasto património. Um complemento ao livro editado por altura da celebração dos 500 Anos da Cidade do Funchal.

PROSIT...

Apetece festejar a chegada do catálogo Max Römer 

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

FONTANÁRIO DO FAVILA

Trabalho de 1942 executado por Max Römer. Como tema o fontanário com a árvore centenária (plátano) e os azulejos que ainda hoje sem mantém preservados.junto à Rua Favila.

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

BLUMEN




Três trabalhos que Max Römer dedicou à botânica madeirense. As flores sempre cativaram o artista ávido pelas cores e formas que as mesmas contém. 

terça-feira, 30 de julho de 2013

O POSTO DE SÃO MARTINHO

Este trabalho do pintor foi executado em 1931. Max Römer não ficou indiferente à Revolta da Madeira ou "Abrilada" ou "Revolta da Farinha" como designa o povo.

ILHA E FAROL

Trabalho de Max Römer (n/assinado) sem data, possivelmente no Rio de Janeiro

terça-feira, 16 de julho de 2013

O MAR VISTO DA PRAIA DA CIDADE

Um dos vários trabalhos que Max Römer fez junto ao calhau da praia do Funchal. A ondulação e as tempestades fizeram parte do seu património artistico.

sábado, 13 de julho de 2013

PENDENNIS CASTLE - OU OS VAPORES DO CABO

Aguarela do navio PENDENNIS CASTLE da companhia inglesa Union Castle Line, que na Madeira eram designados por "Vapores do Cabo", num trabalho de 1959.

sábado, 6 de julho de 2013

ROTUNDA DO INFANTE

A Rotunda do Infante num esboço feito por Max Römer em 1948, numa fase em que a cidade do Funchal "rasgou" imensas artérias, modernizando como nunca a sua imagem
No início era a obra, o modernizar de uma cidade fechada, muralhada e semi-feudal.

quinta-feira, 27 de junho de 2013

ESBOÇOS - (I)



Alguns esboços para futuras pinturas de 1917. Estes trabalhos foram efectuados na altura em que estava na Roménia no decorrer da 1ª. Grande Guerra.

terça-feira, 25 de junho de 2013

MAX RÖMER E A ROMÉNIA






Aguarelas do pintor Max Römer quando prestou serviço militar na Roménia na 1ª. Guerra Mundial. Römer esteve na aldeia de Tulnici e pintou as suas paisagens e monumentos bem como os seus habitantes em trajes típicos. 
Se estiver interessado em adquirir  estes trabalhos, poderá contactar o e-mail de
v.milosevski@chello.nl







sábado, 1 de junho de 2013

RIO DE JANEIRO

Guache sobre papel
14x2,5 cm
Datado de 1955
Continua a ser desconhecido se o pintor alguma vez tenha visitado o Brasil. O certo é que existem vários trabalhos executados em 1927 e 1955. O que é um pouco estranho é não haver qualquer documentação que comprove, mas poderão ser trabalhos baseados em estampas ou fotografias.

domingo, 26 de maio de 2013

segunda-feira, 22 de abril de 2013

A RUA DOS ILHÉUS NA TELA DO ARTISTA

A Rua dos Ilhéus, foi pintada de diversos ângulos, com várias tonalidades e com fundos com mais ou menos parecidos. Max Römer, dedicou a esta artéria funchalense uma grande parte dos seus trabalhos, devido ao facto de ser esta rua muito especial em casario, quintas e jardins muito intensas. Apesar dos tempos serem outros e de haver muita alteração, ainda mantém em pequenos pontos algum encanto do passado.

quinta-feira, 4 de abril de 2013

PUBLICIDADE DA FIRMA AMOL RADJOSAN - HAMBURG




O artista alemão Max Römer dedicou-se a fazer trabalhos de publicidade para a Firma Amol - uma empresa de cidade de Hamburgo que comercializava vários tipos de produtos, alguns dos quais com a assinatura do pintor.